Consequências da Perda Auditiva

Nos Estados Unidos, em 1999, o Conselho Nacional sobre o Processo de Envelhecimento (NCOA – National Council on the Ageing) realizou uma pesquisa com pessoas acima de 50 anos portadoras de perda auditiva.
A pesquisa do NCOA mostrou que grande parte dos usuários de aparelhos auditivos relatou melhora considerável de qualidade de vida a partir do uso do aparelho auditivo.
A pesquisa revelou ainda que, em comparação às pessoas usuárias de aparelhos auditivos, as não usuárias apresentavam mais probabilidade de relatar:
– Tristeza e depressão
– Preocupação e ansiedade
– Paranóia
– Menos vida social
– Desgaste emocional e insegurança
Com relação às pessoas cuja perda auditiva foi tratada, entre benefícios relatados tivemos:
– Melhor relacionamento com a família
– Melhor sentimento com relação a si próprio; auto-estima mais elevada
– Melhor saúde mental
– Maior independência e segurança
Mais da metade dos usuários relataram melhora nos relacionamentos domésticos e no nível de auto-estima. Cerca de 40% disse que sua vida havia melhorado no geral, que se sentia melhor mentalmente e que tinha agora um grau mais elevado de auto-confiança.
Mais informações sobre as consequências psicológicas, sociais e físicas da perda auditiva, visite a página virtual não comercial www.hear-it.org.

Deixe um comentário.

© Audiomax Santa Catarina.